Av. Brasil, 398 - Vila Santana - 13274-010 - Valinhos - SP | Brasil / Fone: +55 19 3829-1400 / 19 3244-4188 / 19 98189-3027

DEPURADORA DE ÁGUAS RESIDUAIS

SOLME 500

São equipamentos compactos e ocupam um espaço mínimo.

• Não requerem nenhum tipo de trabalho ou estrutura para sua instalação.

• Já vem montados, prontos para conectar e funcionar.

• Baixa manutenção eletromecânica.

• São semi-automáticos e não requerem mão-de-obra.

• Baixo consumo de energia.

• Imune aos problemas de corrosão pela sua construção em Polipropileno.

• Seu custo pode ser amortizado rapidamente frente a possíveis sanções administrativas pelo não cumprimento dos limites legais de deposição ou em comparação a outras alternativas.

• A água tratada pode ser vertida à rede pública dentro das normas legais ou reutilizada de novo no processo.

• O lodo que se produz está “inertizado” por encapsulamento dos contaminantes no interior do reagente, impedindo assim o lixiviado posterior pela ação da água. Por esta razão são admitidos no aterro designado pelas autoridades sem processo prévio de estabilização que encareceria o custo do tratamento.

Descrição técnica

Os equipamentos de que consta esta instalação são, em forma resumida, os
seguintes:

R-1 Um tanque em PP ‘ REATOR ’.

A-1 Um agitador.

B-1 Uma bomba pneumática para descarregar água/lodo do reator.

F-1 Um kit de escorrimento de lodos com estrutura-suporte, base de
recolhimento e big-bags.

N-1 Um kit de detecção de nível de lodo em big-bags.

D-1 Um kit de agitação pneumático para o tanque homogeneizador. 

CEC Quadro elétrico de controle e manobra.

SOLME 600

 São equipamentos compactos e ocupam um espaço mínimo.

• Não requerem nenhum tipo de trabalho ou estrutura para sua instalação.

• Já vem montado, prontos para conectar e funcionar.

• Baixa manutenção eletromecânica.

• São automáticos e não requerem mão-de-obra.

• Baixo consumo de energia.

• Imune aos problemas de corrosão pela sua construção em Polipropileno.

• Seu custo pode ser amortizado rapidamente frente a possíveis sanções administrativas pelo não cumprimento dos limites legais de deposição ou em comparação a outras alternativas.

• A água tratada pode ser vertida à rede pública dentro das normas legais ou reutilizada de novo no processo.

• O lodo que se produz está “inertizado” por encapsulamento dos contaminantes no interior do reagente, impedindo assim o lixiviado posterior pela ação da água. Por esta razão são admitidos no aterro designado pelas autoridades sem processo prévio de estabilização que encareceria o custo do tratamento.

Descrição técnica

Aparelho de reação SOLME

É composto basicamente por, um tanque de 600 litros de capacidade com o seu correspondente agitador acionado por um motor elétrico e com um sistema de controle de níveis.

Um dosador de capacidade de 50 litros com um sistema automático de dosagem de reagente, acionado por um moto-redutor elétrico.

Os tanques são construídos totalmente em Polipropileno para evitar problemas de corrosão.

Os tubos e canos de interconexão, braçadeiras, etc., também estão fabricados em Polipropileno e PVC.

Uma bomba elétrica submersível para carregar o reator com as águas residuais a tratar.

Uma bomba pneumática de aspiração da água tratada e do lodo formado na reação, para envio ao sistema de filtragens. 

Tudo isto instala-se sobre uma estrutura metálica formando um conjunto compacto das seguintes medidas:

Comprimento: 2.500 mm

Largura: 890 mm

Altura: 2.200 mm

Peso: 250 Kg

SOLME 1200

São equipamentos compactos e ocupam um espaço mínimo.

• Não requerem nenhum tipo de trabalho, obra civil ou estrutura para sua instalação.

• Já vem montado, prontos para conectar e funcionar.

• Baixa manutenção eletromecânica.

• São semi-automáticos e por isso requerem um tempo mínimo de mão-de-obra

• Baixo consumo de energia.

• Imune aos problemas de corrosão pela sua construção em Polipropileno.

• Seu custo pode ser amortizado rapidamente frente a possíveis sanções administrativas pelo não cumprimento dos limites legais de deposição ou em comparação a outras alternativas.

• A água tratada pode ser vertida à rede pública dentro das normas legais ou reutilizada de novo no processo.

• O lodo que se produz está “inertizado” por encapsulamento dos contaminantes no interior do reagente, impedindo assim o lixiviado posterior pela ação da água. Por esta razão são admitidos no aterro designado pelas autoridades sem processo prévio de estabilização que encareceria o custo do tratamento.

Descrição técnica

Aparelho de reação SOLME

É composto basicamente por, um tanque de 600 litros de capacidade com o seu correspondente agitador acionado por um motor elétrico e com um sistema de controle de níveis.

Um dosador de capacidade de 50 litros com um sistema automático de dosagem de reagente, acionado por um moto-redutor elétrico.

Os tanques são construídos totalmente em Polipropileno para evitar problemas de corrosão.

Os tubos e canos de interconexão, braçadeiras, etc., também estão fabricados em Polipropileno e PVC.

Uma bomba elétrica submersível para carregar o reator com as águas residuais a tratar. 

Uma bomba pneumática de aspiração da água tratada e do lodo formado na reação, para envio ao sistema de filtragens.

Tudo isto instala-se sobre uma estrutura metálica formando um conjunto compacto das seguintes medidas:

Comprimento: 4.200 mm

Largura: 1500 mm

Altura: 2.200 mm

Peso: 250 Kg

SOLME 2500

São equipamentos compactos e ocupam um espaço mínimo.

• Não requerem nenhum tipo de trabalho ou estrutura para sua instalação.

• Já vem montado, prontos para conectar e funcionar.

• Baixa manutenção eletromecânica.

• São automáticos e não requerem mão-de-obra.

• Baixo consumo de energia.

• Imune aos problemas de corrosão pela sua construção em Polipropileno.

• Seu custo pode ser amortizado rapidamente frente a possíveis sanções administrativas pelo não cumprimento dos limites legais de deposição ou em comparação a outras alternativas.

• A água tratada pode ser vertida à rede pública dentro das normas legais ou reutilizada de novo no processo.

• O lodo que se produz está “inertizado” por encapsulamento dos contaminantes no interior do reagente, impedindo assim o lixiviado posterior pela ação da água. Por esta razão são admitidos no aterro designado pelas autoridades sem processo prévio de estabilização que encareceria o custo do tratamento.

Descrição técnica

Aparelho de reação SOLME

É composto basicamente por, um tanque de 600 litros de capacidade com o seu correspondente agitador acionado por um motor elétrico e com um sistema de controle de níveis.

Um dosador de capacidade de 100 litros com um sistema automático de dosagem de reagente, acionado por um moto-redutor elétrico.

Os tanques são construídos totalmente em Polipropileno para evitar problemas de corrosão.

Os tubos e canos de interconexão, braçadeiras, etc., também estão fabricados em Polipropileno e PVC.

Uma bomba elétrica submersível para carregar o reator com as águas residuais a tratar.

Uma bomba pneumática de aspiração da água tratada e do lodo formado na reação, para envio ao sistema de filtragens.

Tudo isto instala-se sobre uma estrutura metálica formando um conjunto compacto das seguintes medidas:

Comprimento: 4.200 mm

Largura: 2.000 mm

Altura: 2.575 mm

Peso: 350 Kg

SOLME 5000

São equipamentos compactos e ocupam um espaço mínimo.

• Não requerem nenhum tipo de trabalho ou estrutura para sua instalação.

• Já vem montado, prontos para conectar e funcionar.

• Baixa manutenção eletromecânica.

• São automáticos e não requerem mão-de-obra.

• Baixo consumo de energia.

• Imune aos problemas de corrosão pela sua construção em Polipropileno.

• Seu custo pode ser amortizado rapidamente frente a possíveis sanções administrativas pelo não cumprimento dos limites legais de deposição ou em comparação a outras alternativas.

• A água tratada pode ser vertida à rede pública dentro das normas legais ou reutilizada de novo no processo.

• O lodo que se produz está “inertizado” por encapsulamento dos contaminantes no interior do reagentes, impedindo assim o lixiviado posterior pela ação da água. Por esta razão são admitidos no aterro designado pelas autoridades sem processo prévio de estabilização que encareceria o custo do tratamento.

Descrição técnica

Aparelho de reação SOLME

É composto basicamente por, dois tanques de 600 litros de capacidade com os seus correspondentes agitadores acionados por motores elétricos independentes, cada um com seu sistema de controle de níveis.

Dois dosadores de capacidade de 100 litros, cada um com um sistema automático de dosagem de reagente, acionado por um moto-redutor elétrico.

Os tanques são construídos totalmente em Polipropileno para evitar problemas de corrosão.

Os tubos e canos de interconexão, braçadeiras, etc., também estão fabricados em Polipropileno e PVC.

Uma bomba elétrica submersível para carregar o reator com as águas residuais a tratar.

Duas bombas pneumáticas de aspiração da água tratada e do lodo formado na reação, para envio ao sistema de filtragens.

Tudo isto instala-se sobre uma estrutura metálica formando um conjunto compacto das seguintes medidas:

Comprimento: 4.200 mm

Largura: 2.000 mm

Altura: 2.575 mm

Peso: 350 K

Conte com a vantagem de adquirir nossos equipamentos parcelados através do cartão BNDES ou Finame!

Com facilidade da taxa reduzida FINAME aproveite para ampliar, modernizar ou adquirir o tratamento que a sua empresa precisa.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Av. Brasil, 398 – Vila Santana – 13274-010
Valinhos – SP | Brasil

Fone: +55 19 3829-1400 
+55 19 3244-4188 / +55 19 98189-3027
contato@solmebrasil.com.br

SOLME - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - 2018 - DESEVOLVIDO POR AGÊNCIA P&VB